Porque nem todo mundo nasce com vocação pra alguma coisa. Agora eu tenho a Lis!

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

6 meses e a introdução alimentar

Seis meses de Lis! 8 kg de gostosura, 2 dentes, senta, aprendeu a tossir de mentira, fala bababa (ensaia um papa), é maluca pelo clipe Bang da Anitta, apaixonada pelo pai, fissurada por ar-condicionado. Foram 6 meses de aleitamento materno exclusivo em livre demanda, e confesso que começar a introdução alimentar doeu um pouco em mim. Peito é prático, tá pronto a qualquer hora, acalma, é aconchego, é um momento que nos liga profundamente. Ela já estava liberada pra começar as frutinhas há cerca de uma semana, já havia dado os sinais de que estava pronta, mas confesso que eu não estava, não conseguia me despedir dessa fase, precisei de um tempo pra assimilar que esse momento chegou e ela vai começar os primeiros passos de independência. Não quer dizer que amamentar seja fácil, pelo contrário, amamentar exige paciência, disponibilidade, abdicação, confiança na capacidade do próprio corpo, ouvidos fechados aos palpites alheios. Tive dias em que chorei de cansaço com ela grudada no peito e noites em que ela acordou de uma em uma hora pra mamar. Tive vontade de dar mamadeira só pra ver se ela me deixava dormir uma noite inteira, mas conversando com amigas que precisaram complementar, descobri que seus bebês também acordam pra mamar de madrugada. Antes que alguém se sinta ofendida, não tenho nada contra o leite artificial, ele é importantíssimo por muitos fatores, inclusive psicológicos, mas se a maior parte das mães deseja amamentar e a média no Brasil é de 54 dias, acho que falta apoio e informação não-patrocinada. Claro, tive a oportunidade da licença-maternidade de 6 meses, que fez toda a diferença, marido e amigos que entenderam a ausência. Não dei chupeta por medo da confusão de bicos e desmame precoce, o que tornou tudo ainda mais cansativo, mas vê-la gordinha e sorridente assim recompensou. Introduzir alimentos novos não será simples, provou mamão ontem e rolou muito mais careta e brincadeira do que engolir qualquer coisa, mas como todas as fases de um bebê, tenho certeza de que essa também será deliciosa! Ainda assim, vai rolar muito mamá por aqui até quando ela quiser se soltar completamente de mim❤